Cabelos volumosos parte 1

Que garota não vive em pé de guerra com o cabelo? Ou quantas não tem a auto-estima afetada por causa dele? Tenho tantos posts sobre cuidado com o cabelo não é à toa, sofri muito por causa do meu e hoje vou contar minha história capilar pra vocês e mostrar algumas fotos da minha adolescência e infância de como ele era…

Passei grande parte da minha vida em uma guerra com meu cabelo. Super inconstante, em cada fase da vida ele esteve de uma maneira, desde liso até cacheado – tudo isso sem nenhuma química, mas uma coisa ele sempre foi: volumoso. Meus fios são super finos, mas tenho uma quantidade absurda e ele arma muito.

Meu cabelo é uma das coisas em meu corpo que mais tenho trauma e que atrapalha minha auto-estima. Especialmente porque quando era pequena, sonhava em ter cabelo chanel, achava lindo e cortei dessa maneira. E é de lei que cabelo curto e volume não combinam, então é claro, ele armou muito. Já fui até chamada de leãozinho algumas vezes e claro, ainda fazem piadinhas por causa dele. Minha total falta de noção e a maneira que me sentia por causa do meu corte infeliz me fizeram traumatizar para sempre com meu cabelo. Com uns 11 anos mais ou menos, uma menina da minha escola perguntou porque eu não o deixava crescer e eu fiz isso. Mas claro, não foi suficiente para fazer com que eu me sentisse melhor, pelo contrário. Fiquei por muito tempo com o cabelo MUITO comprido e sempre o usava preso – nem rabo de cavalo tinha coragem de usar, sempre usava trança, piranha, coque por pura vergonha. Só soltava quando fazia escova, e por isso, aos 17 anos fiz relaxamento térmico. Essa foi primeira e última vez que alisei meu cabelo “permanentemente”. Logo depois comecei a me conhecer mais e um processo de mudança para começar a gostar mais de mim e aceitar que meu cabelo não era liso e sim ondulado/cacheado foi um começo. Mas até hoje não consigo usar sempre meu cabelo solto e sempre estou preocupada com o volume dele.

Ainda bebê, com o cabelo liso

Formatura da oitava série. Cabelo solto, só com escova.

Uma das poucas fotos que tenho com o cabelo solto aos 16 anos

Depois de aprender a lidar e cuidar do cabelo, foto do ano passado

Deixo aqui algumas dicas – minhas e de pesquisas na internet – para quem, assim como eu, tem muito cabelo ou muito armado e gostaria de baixar o volume:

– Sempre que lavar o cabelo, assim que o mesmo secar, prenda-o num coque baixo e meio soltinho (de preferência com aqueles elásticos conhecidos como “fio de telefone” porque não marca) por algumas horas. Isso vai diminuir muito o volume. Caso queira deixá-lo com ondinhas, faça uma trança.

– Fazer hidratação caseira (de preferência usando touca térmica) ao menos uma vez por semana e duas vezes ao mês no salão.

– Use pentes de dentes largos e grossos.

– Para quem quer um cabelo mais liso sem passar chapinha e o volume diminuído (porque nem sempre a chapinha tira o volume), o ideal é uma touca,  como mostra o vídeo tutorial do blog Casa Montada:

Fonte

por

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s